Itaituba

Cidade Pepita da Amazônia

O município de Itaituba está localizado na mesorregião do Sudoeste do Estado do Pará, com coordenadas da sede municipal de latitude 04º16’34” sul e longitude 55º59’01” oeste. Segundo o IBGE/CENSO 2010, sua população abrange 97.343 habitantes.

Considera-se que a cidade de Itaituba é o principal centro urbano da RI Tapajós, concentrando infraestrutura (escolas, universidades, hospitais, aeroportos, etc.) assim como instituições/órgãos governamentais (estaduais/ federais) diversos. A economia local está baseada na extração do ouro proveniente principalmente da atividade garimpeira, desde o início da década de 1960 até os dias atuais. Estima-se que atualmente, essa atividade é responsável ainda por aproximadamente 70% da renda local.

O acesso à cidade pode ser feito por via aérea, por meio do Aeroporto de Itaituba, que possui vôos regulares operados pelas empresas aéreas MAP e Piquiatuba, além de outras empresas de táxi-aéreos, onde é possível fretar aeronaves de pequeno porte. O transporte fluvial é muito utilizado pela população local, em especial as linhas realizadas diariamente para a cidade de Santarém, através de barcos ou lanchas de grande porte. O acesso rodoviário é realizado pelas Rodovias BR-163 (Rodovia Cuiabá-Santarém) e BR-230 (Transamazônica), onde as empresas rodoviárias disponibilizam linhas regionais e interestaduais.

Pontos turísticos em destaque

Fazenda Recanto Maloquinha

Ambiente agradável para descanso e lazer com belas paisagens naturais às margens do Rio Tapajós, adequado para passeios com crianças de todas as idades.

Conheça!
Parque Nacional Da Amazônia

Unidade de Conservação com várias trilhas autoguiadas.

Conheça!
São Luiz do Tapajós

Comunidade que tem vários atrativos naturais, além do Festival do Tambaqui que é muito conhecido por toda a população Itaitubense.

Conheça!
Praia do Meio

Uma formação de ilha ao redor do belo rio Tapajós.

Conheça!

Aveiro

Um município rico em passado!

O município de Aveiro foi elevado à categoria de Município pela Lei Estadual nº 2.460, em 29 de dezembro de 1961, desmembrado de Santarém e Itaituba. Localizado estrategicamente à margem direita do Rio Tapajós, Aveiro foi ponto de passagem, tanto para os colonizadores europeus, quanto povos indígenas, e surgiu a partir da ocupação da aldeia Taparajó-Tapera, do povo mundurucu. Possui uma população estimada em aproximadamente 18.484 habitantes, extensão territorial de 17.082,30 km² e coordenadas geográficas: 03º 36’ 15’’S e 55º 19’ 15’’W Gr.

Destaca-se pela diversidade de atrativo turístico natural e cultural, com diversos igarapés de águas claras e geladas, praias, caverna, e tenta conservar em meio as ruínas, distritos e comunidades históricas: Fordlândia, Urucurituba e Daniel de Carvalho. No ano de 2015, registrou-se a maior produtividade de filhotes de tartarugas da amazônia, pitiú e tracajá, na reserva extrativista (Arapins-Tapajós), conhecida como “Tabuleiro de Monte Cristo”

Fonte: Prefeitura Municipal de Aveiro

 

Pontos turísticos em destaque

Caverna Paraíso

A maior caverna da Amazônia!

Conheça!
Fordlândia

A cidade americana no meio da Amazônia idealizada por Henry Ford!

Conheça!
Praia do Sr. Júlio Bentes (Refúgio Dos Sonhos)

A praia dos seus sonhos!

Conheça!
Tabuleiro de Monte Cristo

Aqui você acompanha o momento de desova e eclosão das tartarugas!

Conheça!

Trairão

O paraíso dos afloramentos rochosos

O município do Trairão foi fundado no dia 13 de dezembro de 1991, por meio de um desmembramento do município de Itaituba. Com uma área total de 11.991 km², população em torno de 17.880 habitantes e coordenadas geográficas: 04º 34’ 28’’S e 55º 56’ 37’’W Gr, têm o privilégio de ter seu território municipal com quase 90% da cobertura vegetal nativa, com pouca intervenção degradadora e ainda uma floresta imponente, densa e riquíssima em fauna e flora.

Com uma ocupação recente, o município se apresenta como um grande campo aberto para o planejamento de ações que deverão ser traduzidas em aproveitamento sustentável dos recursos vegetais, animais, minerais e hídricos. Seu diferencial é ser envolvido pelas Flonas de Itaituba I e II, Flona do Trairão e Parque Nacional do Jamanxim, unidades de conservação geridas pelo ICMBio.
Fonte: Site da Prefeitura do Trairão, Plano Diretor e Plano Ambiental do Município do Trairão.

Pontos turísticos em destaque

Cachoeira do Cigano

Cachoeira e corredeiras, cenário perfeito!

Conheça!
Pedras do Palhal

Local onde pode ser observado todo o município.

Conheça!
Parque Nacional do Jamanxim

Unidade de Conservação com grande potencial em Ecoturismo, para trilhas, caminhadas e observação da fauna e da flora.

Conheça!
Rancho das Águas

Local apropriado para curtir com a família e amigos.

Conheça!

Rurópolis

A Cidade das Cavernas

Rurópolis recebeu primeiramente a denominação de Ruropólis Presidente Médice, quando fundada no ano de 1974 pelo Governo Federal. Elevado à categoria de município com a denominação de Rurópolis, pela Lei Estadual nº 5446, de 10 de maio de 1988, desmembrado de Aveiro. Segundo o IBGE/CENSO2010, a população abrange 40.087 habitantes, uma área territorial de 7.021,3 Km² e com as coordenadas geográficas : 04º 05’ 18’’S e 54º 54’ 51’’W Gr.

Destaca-se na história do Brasil por ser a primeira cidade construída na Transamazônica e a única “Rurópolis” implantada pelo PIN (Programa de Integração Nacional), no cruzamento das rodovias Transamazônica e Cuiabá-Santarém.

Possui uma riqueza natural rica em belíssimas cachoeiras com quedas de mais de 10 metros, lagoas verdes e é o quinto município brasileiro com maior número de cavernas em seu território, muitas dessas com pinturas e desenhos rupestres.Fonte: Site da Prefeitura de Ruropólis e fatimasampaio.blog

Pontos turísticos em destaque

Caverna Caximbão

A Caverna Caximbão possui 1,50 metro de altura, mas dentro há um amplo salão com aproximadamente 50 metros de largura por 10 metros de profundidade. O salão apresenta pinturas e gravuras rupestres que estão localizadas na parede ao fundo da caverna.

Conheça!
Caverna das Damas

A Caverna das Damas fica à 100 Km do município de Rurópolis, nela podemos observar várias gravuras e pinturas rupestres. A caverna não é muito profunda e tem uma altura de 2,5 metros, existem dentro da caverna alguns blocos rochosos no solo e as pinturas estão todas localizadas no teto.

Conheça!
Cachoeira do Grim

Bela cachoeira com uma vista exuberante da flora.

Conheça!
Caverna das Mãos

Para aqueles que gostam de aventura e apreciar registros históricos essa é a melhor escolha.

Conheça!

Novo Progresso

Aqui o seu progresso está Presente!

O surgimento da cidade de Novo Progresso está associada à construção da BR-163, a rodovia Santarém – Cuiabá, no ano de 1973, compondo o território do Município de Itaituba. A emancipação e criação do município ocorreu através da Lei nº 5.700, de 13 de dezembro de 1991. Segundo IBGE/CENSO2010, sua população é 25.124 habitantes em 2014, possuindo uma área territorial de 38.162,3 Km² e com coordenadas geográficas 07º 08’ 52’’S e 55º 22’ 52’’O.

No ano de 1984 houve um crescimento populacional representativo com a descoberta de uma grande jazida de ouro, atraindo milhares de pessoas à localidade. Hoje a população do Novo Progresso é composta, quase que na sua totalidade, por imigrantes dos estados do sul como Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, vindos à procura de terras para plantar. A população constituída do Norte e Nordeste, que aqui chegou para a exploração do ouro, está com sua atividade bastante reduzida. A mão de obra passa por uma transformação, mudando quase radicalmente para a extração de madeiras nobres. Atualmente a atividade agropecuária está em franco desenvolvimento, em especial pelo crescimento das lavouras de grãos.

Os imigrantes vieram com seus costumes e tradições, havendo uma miscigenação desde o sulista como o nordestino e nortista, com suas comidas típicas à base de peixe e alimentos extrativistas, suas danças como o carimbó e a lambada. Novo Progresso possui atrativos turísticos de todos os âmbitos: Pesca, Ecológico, Praia e Agroturismo. Não esquecendo, da forte presença das aldeias indígenas da etnia Kayapó.

Pontos turísticos em destaque

Pousada do Magal (Pousada Curuagito)

Lugar ideal para quem gosta de apreciar a natureza!

Conheça!
Lago Municipal

Centro Atrativo Regional onde são realizados grandes eventos durante todo ano envolvendo a população progressense.

Conheça!
Aldeias Indígenas

Aldeias indígenas que se caracterizam na defesa de sua cultura e de suas reservas.

Conheça!
Ponte do Rio Jamanxim

Local muito famoso em toda a região!

Conheça!